Entrega de Flores – Uma Atividade Delicada

Uma das atividades econômicas que requerem mais atenção e planejamento é a entrega de flores. Não bastando o fato das flores serem mercadorias altamente perecíveis, elas ainda são danificadas por qualquer “pequeno acidente” que possa ocorrer durante o transporte. Uma leve batida, uma caixa a mais empilhada de forma equivocada, um funcionário displicente que não arrume as caixas adequadamente e de maneira a garantir a estabilidade e até o ataque de insetos ou elementos contaminantes que possam destruir rapidamente as flores e causar grande prejuízo.

A entrega de flores, seja em grandes quantidades ou na forma de um simples e delicado buquê, devem ser feitas de preferência por um veículo refrigerado e em bom estado de manutenção. Pois, uma pane que impeça a refrigeração do local onde as flores estiverem sendo mantidas pode representar a perda do carregamento dependendo da distância a ser percorrida e do tempo que se leve para resolver o problema.

Distâncias Curtas – Entregas Rápidas de Flores

Para distâncias muito curtas e em pequenas quantidades, essa entrega rápida de flores pode ser feita sem muitos cuidados especiais e sem refrigeração. Nos casos de entrega de buquês, o funcionário responsável deve ser orientado para mantê-los de cabeça para baixo de forma a proteger as flores do sol forte, de impactos e da perda acelerada de umidade. Também é bom orientá-lo para que borrife o buquê antes de sair para a entrega (mas evitando molhar diretamente as pétalas). Desta forma, se garante um bom nível de umidade até que as flores sejam colocadas novamente em contato com a água.

Entrega de Flores em Grandes Quantidades

Já a entrega de flores em grandes quantidades é uma história completamente diferente. Um grande centro produtor como a cidade de Holambra em São Paulo, é um ótimo centro de referência em matéria de entrega de flores em escala comercial e cobrindo grandes distâncias.

Depois de colhidas e vendidas, as flores recebem um tratamento químico especial que permitirá uma maior conservação e impedirá o contágio por fungos ou outros agentes nocivos. Depois serão acondicionadas em caixas especialmente elaboradas para o tipo de transporte delicado que executarão e são precisamente arrumadas de forma a garantir que nenhuma flor seja “machucada” durante essa operação. Tão logo sejam acondicionadas nessas caixas e arrumadas em volumes que se adequam ao tipo de veículo que fará o transporte até o cliente final: Vans, caminhões ou aviões.

Seja que tipo de veículo for, a certeza é que todos serão climatizados. Manter a temperatura baixa e controlada durante todo o trajeto é de fundamental importância para que a entrega de flores em grandes escala não se transforme num desastre completo. Mantidas assim, as flores podem percorrer distâncias enormes e levarem dias até o centro consumidor a que se destinam sem que sofram qualquer problema ou percam em beleza ou em perfume. Um feito realmente impressionante.

A entrega de flores é, portanto, um evento em si mesmo. Pois exige pessoal dedicado, treinado e que tenha amor pelo que faz. Sem isso; jamais teríamos as flores belíssimas para adornar nossas casas ou carregarem nossas mensagens de amor por toda parte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *